22 agosto 2009

A FORMAÇÃO DOS POVOS BÁRBAROS - EXERCÍCIOS

1. A penetração dos bárbaros no Império Romano:


a) foi realizada sempre através de invasões armadas;

b) realizou-se a partir do século VI, quando o Império entrou em decadência;

c) verificou-se inicialmente sob a forma de migrações pacíficas e, posteriormente, através de invasões

armadas;

d) foi realizada sempre de maneira pacífica;

e) verificou-se principalmente nos séculos II e III.


Resposta: C


2. (UNIP) A importância da Batalha de Poitiers, em 732, no contexto da história da Europa, justifica-se em

função de que:


a) os cristãos foram derrotados pelos árabes, consolidando-se o feudalismo europeu;

b) a derrota árabe frente ao Reino Franco impediu a islamização do Ocidente;

c) a partir daí teve início a Guerra de Reconquista na Península Ibérica;

d) com essa vitória, Carlos Martel tornou-se imperador dos francos;

e) esse evento assinalou o limite da expansão cristã no Mediterrâneo.


Resposta: B


3. Carlos Martel é considerado o defensor da Cristandade contra os muçulmanos porque:


a) venceu os mouros na Batalha de Poitiers;

b) perdeu a Batalha de Poitiers para os mouros;

c) derrotou os visigodos na Batalha de Poitiers;

d) perdeu a Batalha de Poitiers para os visigodos.

e) n.d.a.


Resposta: A


4. (PUCC) O declínio da Dinastia dos Merovíngios no Reino Franco permitiu o aparecimento de um novo chefe

política de fato, a saber:


a) o condestável;

b) o tesoureiro;

c) o major domus;

d) o missi dominici.

e) n.d.a.


Resposta: C


5. (FAAP) Entre os principais povos bárbaros que invadiram o Império Romano, podemos citar:


a) os vândalos;

b) os francos;

c) os visigodos;

d) os ostrogodos;

e) todas as anteriores.


Resposta: E


06. A Chanson de Roland é um poema épico medieval do ciclo:


a) arturiano

b) espanhol

c) alemão

d) carolíngio

e) bretão


RESPOSTA: D


07. (MED. SANTOS) Luís, o Piedoso, sucessor de Carlos Magno, manteve o Império unido. Com sua morte,

começou a crise política, caracterizada de um lado pelas invasões normandas e de outro:


a) pela disputa entre seus sucessores, que acabaram mantendo a unidade do Império através do Tratado

de Verdun;

b) pela divisão do Império em três reinos, através do Tratado de Verdun;

c) pela divisão do Império, através do Tratado de Cateau-Cambrésis;

d) pela manutenção da unidade do Império, através do Tratado de Cateau-Cambrésis;

e) n.d.a.


RESPOSTA: B


08. As instituições políticas do Estado Franco lembram:


a) as instituições políticas ligadas ao Império Romano;

b) as instituições germânicas, tais como a clientela, o colonato, a recomendação e as imunidades;

c) as instituições romanas, tais como o comitatus, a ordália e o individualismo político;

d) todas estão erradas;

e) todas estão corretas.


RESPOSTA: A


09. (PUC) A conversão e batismo de Clóvis, após a Batalha de Tolbiac, explicam principalmente:


a) pela insistência de sua mulher Clotilde;

b) pela insistência dos bispos da Gália;

c) pela insistência do papa Gregório Magno;

d) pelo fato de que a maior parte da população da Gália era cristã;

e) n.d.a.


RESPOSTA: A


10. (PUC) O Império Carolíngio surgiu com a coroação de Carlos Magno em Roma por Leão III, no ano de

800. Daí em diante, o poder imperial aumentou consideravelmente, pois:


a) a administração foi aprimorada, com a instituição dos missi dominici e das capitulares;

b) o desenvolvimento cultural foi estimulado, inclusive com a criação de escolas de ler e escrever;

c) Paulo Lombardo, Alcuíno e Eginhardo deram destaque à cultura da época;

d) todas estão corretas;

e) todas estão corretas.


RESPOSTA: D


fÁBBIO xAVIER - O Cruel -

0 comentários:

Copyright © 2008 – 2013 História Nova em Foco Todos os Direitos Reservados a Fábbio Xavier


  © Blogger templates Newspaper III by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP